Contacto

Perguntas frequentes

OPORTUNIDADES DE DISTRIBUIÇÃO DO MEDICAL DISPENSER

Distribua o Medical Dispenser no seu país

Os nossos produtos já são comercializados em Espanha, Portugal, França, Chile, Panamá e República Checa. Atualmente, estamos a trabalhar intensamente no fecho de novos acordos comerciais noutros países. Se for um agente de saúde: laboratório farmacêutico, empresa de equipamento para farmácias, companhia de seguros privada, ou qualquer outro agente com interesse na adesão dos pacientes ao tratamento, contacte connosco, talvez possamos colaborar.

FAGOR HEALTHCARE

Quem somos?

A Fagor Healthcare S.Coop., é uma cooperativa pertencente à MONDRAGON CORPORATION, que com o desenvolvimento e venda dos seus produtos, pretende melhorar a saúde e qualidade de vida das pessoas.

ISO 9001:2015

Bureau Veritas Certification certificou que o Sistema de Gestão da Fagor Healthcare foi auditado e encontrado conforme os requisitos da norma ISO 9001:2015. O sistema de gestão aplica-se ao design, fabricação e comercialização dos sistemas para a melhoria da adesão dos pacientes ao tratamento.

MONDRAGON CORPORATION

MONDRAGON é o fruto do movimento cooperativo iniciado em 1956, ano em que foi criada a primeira cooperativa industrial na localidade guipuzcoana deste nome. Hoje em dia, é formada por 268 entidades, quase 75 000 empregados e 15 centros de I+D+i. MODRAGON é o décimo grupo empresarial espanhol que conta com mais de 50 anos de história, e que se converteu numa referência mundial do trabalho em cooperação.

MEDICAL DISPENSER

SISTEMA PARA A MELHORIA DA ADESÃO AO TRATAMENTO

O que é o Medical Dispenser da Fagor Healthcare?

O sistema Medical Dispenser garante que o serviço de preparação da medicação que geralmente as farmácias comunitárias oferecem aos seus pacientes com baixa adesão ao tratamento, seja realizado com todas as garantias. Com o Medical Dispenser, a preparação da medicação em blísteres, é feita de forma mais rápida, segura e limpa que com qualquer outro sistema do mercado. O sistema consta de máquina e software para a gestão dos tratamentos por parte do farmacêutico, blísteres semanais para os pacientes e uma aplicação móvel para reduzir os esquecimentos das tomas e portanto para que os pacientes melhorem a sua adesão ao tratamento farmacológico.

O Medical Dispenser é só para farmácias?

Não, o Medical Dispenser também é uma magnifica ferramenta para as residências de pessoas idosas e centros de dia que precisem de organizar de forma segura e eficaz a medicação dos seus pacientes institucionalizados, e para hospitais que queiram organizar a medicação dos seus pacientes crónicos e polimedicados geridos a partir da farmácia ambulatória.

Os clientes contam com que suporte comercial e técnico?

Os encarregados de oferecer o suporte comercial e técnico em cada país são os nossos partners locais. Eles encarregam-se da instalação do sistema, do suporte técnico e do assessoramento comercial. Pode consultar a listagem completa de partners em: Onde estamos?

MÁQUINA DE PREPARAÇÃO DE BLÍSTERES

Como funciona a máquina de preparação de blísteres?

A máquina, uma vez recebida a ordem de carga do blíster desde o software (quer seja o software do Medical Dispenser ou de outro software integrado para farmácias), vai apresentando no ecrã os passos que o farmacêutico deve ir dando para realizar o blíster corretamente. Em primeiro lugar, introduz-se a bolha na máquina e depois um a um introduzem-se os medicamentos seguindo a ordem proposta pela máquina.

Para maior segurança, os medicamentos são digitalizados com o leitor de datamatrix e de seguida introduz-se o número de comprimidos indicado na máquina um a um. A própria máquina vai contando, e irá pedindo todos os medicamentos necessários até completar o tratamento. Terminado este processo de carregamento, fecha-se o blíster e colocam-se as correspondentes etiquetas que são impressas automaticamente ao terminar o carregamento.

É necessário muita experiência para preparar os blísteres nesta máquina?

Não. O funcionamento é muito simples. Apenas tem de seguir as instruções que a própria máquina apresente no ecrã. Com a formação fornecida ao adquirir o Medical Dispenser pode-se operar com total tranquilidade desde o primeiro momento.

Onde é recomendável localizar a máquina?

Antes de instalar o Medical Dispenser, é importante selecionar a correta localização com base nas seguintes características:

  • Sem receber luz direta. No caso de luzes de halogéneo, a máquina deve situar-se a mais de meio metro de distância do foco da luz.
  • Ventilação adequada.
  • Temperatura da divisão nunca inferior a 0 °C nem superior a 40 °C.
  • Afastada de qualquer fonte de calor.
  • Sobre uma superfície sólida e corretamente nivelada.

Quais são as dimensões da máquina?

A máquina mede 39,8 cm de comprimento por 26,4cm de largura e tem um peso de 2,5 kg. Com estas dimensões, é evidente que o Medical Dispenser não constitui nenhum problema para os nossos clientes.

SOFTWARE MEDICAL DISPENSER

O que oferece o Software Medical Dispenser à farmácia?

O software para farmácias do Medical Dispenser, é uma fantástica ferramenta para a gestão dos pacientes no serviço SPD automático, quer estejam institucionalizados numa residência quer vivam nas suas casas. O nosso software é fruto da colaboração contínua com os farmacêuticos, pelo que é um software feito para os farmacêuticos e pelos farmacêuticos. O software segue o circuito completo de um paciente: ficha, tratamento farmacológico, preparação, entrega, retorno e cumprimento. Além disso, inclui uma grande quantidade de funcionalidades como trabalho por categorias, cálculo de necessidades, gestão do inventário dos pacientes, auditoria e rastreabilidade.

O Medical Dispenser está integrado noutros softwares de gestão da farmácia?

Sim. Cada vez são mais os softwares integrados com o Medical Dispenser nos diferentes países onde está disponível. Contacte o seu fornecedor de software habitual e consulte se o Medical Dispenser já está integrado com o seu software ou se o estará em breve. Caso contrário, sugira-lhes que falem connosco e começaremos a trabalhar na integração para que esteja disponível o quanto antes.

Que requisitos mínimos são necessários para implementar o sistema?

O software do Medical Dispenser requer um PC com as seguintes características:

  • Sistema Operativo Windows XP, Windows7, Windows8 ou Windows10.
  • Resolução de ecrã mínimo de 1024×768
  • Impressora com capacidade de imprimir em DINA A5
  • 1 GB de memória RAM
  • 400 MB de espaço livre no disco rígido
  • Conector Ethernet RJ45 no caso de ligação direta à máquina
  • Ligação de Rede Ethernet para o PC.

BLÍSTER DE MEDICAMENTOS

O que têm de especial os blísteres Medical Dispenser?

O tipo de blíster utilizado pelo Medical Dispenser é o único do mercado com a forma circular. Este design torna mais simples e intuitivo o seu uso para os pacientes, já que só têm de seguir o sentido dos ponteiros do relógio para ir avançando nas tomas.

Na nossa casa há duas pessoas a utilizar blísteres, podem ser diferenciados facilmente?

Sim, os nossos blísteres personalizados podem ser impressos com a foto do paciente, o que facilita a sua identificação de forma simples, evitando que os estes tenham de ler a informação na etiqueta.

APLICAÇÃO MÓVEL MEDICAL DISPENSER QR

Para que serve a APP móvel Medical Dispenser QR?

Na etiqueta frontal do blíster existe um código QR que, digitalizado na aplicação móvel Medical Dispenser QR (gratuita e disponível para Android e IOS), gera os correspondentes alarmes para que o paciente se lembre de tomar a sua medicação pontualmente. O paciente só precisa de configurar na aplicação a que hora quer que os alarmes toquem para as tomas do pequeno-almoço, almoço, jantar e noite.

Que informação pessoal é transmitida à aplicação ao digitalizar o código QR?

Nenhuma. As informações que são transmitidas à aplicação ao digitalizar o código correspondem aos alarmes que devem ou não ser gerados e a que horas. Não há informações pessoais ou médicas (tratamento do paciente).

O que o paciente deve fazer quando o alarme tocar?

Um alarme ao ser ativado, o paciente poderá:

  • ACEITAR o alarme. O que é interpretado como se o paciente tomasse a sua medicação imediatamente após o aviso. Isto é, tem a medicação perto e pode tomá-la nesse momento.
  • ATRASAR o alarme. O sistema permite configurar o tempo de atraso quando um alarme for ativado. De forma que, se o paciente não tiver à mão a medicação, pode atrasá-la para que o móvel o lembre de novo, passado alguns minutos, que deve tomar a sua medicação.
  • DESCARTAR o alarme. O paciente selecionará esta opção quando não for tomar a medicação da toma correspondente pelo motivo que for.

O que acontece se um paciente descartar ou recusar o alarme?

Quando o paciente, ao soar o alarme o descarte ou recusar, fica registado no sistema que não tomou a sua medicação e portanto a percentagem de cumprimento farmacoterapêutico ou de adesão ao tratamento será reduzida.

ADESÃO AO TRATAMENTO

SISTEMA PERSONALIZADO DE DISPENSAÇÃO (SPD)

O que é o SPD?

O SPD ou Sistema Personalizado de Dispensação é como se denomina em Espanha um dispositivo tipo blíster, hermeticamente fechado, com uma série de alvéolos onde a medicação de forma farmacêutica sólida é distribuída, seguindo a regra terapêutica prescrita.

Foi desenhado especificamente para facilitar a administração de medicamentos aos pacientes, ajuda-os a seguir corretamente o tratamento farmacológico, de uma forma muito mais simples evitando erros. O SPD é um serviço de assistência farmacêutica (já que existe o binómio medicamento-paciente) e está orientado para o processo.

Para que serve o SPD?

O SPD foi desenhado para facilitar a administração de medicamentos aos pacientes, ajudando-os a melhorar a sua adesão terapêutica, já que a medicação está perfeitamente organizada evitando erros na toma.

Para quem é indicado?

É especialmente útil e recomendável para os pacientes crónicos polimedicados com 4 ou mais medicamentos e em que ocorram as seguintes circunstâncias:

  1. Pacientes com autonomia reduzida
  2. Pacientes a cargo de familiares e/ou cuidadores
  3. Pacientes polimedicados que vivem sozinhos e têm problemas na organização dos medicamentos
  4. Pacientes que têm prescrições complexas
  5. Pacientes recomendados pelo médico
  6. Pacientes incluídos nos programas concertados com as administrações de saúde

Quem prepara o Sistema Personalizado de Dispensação ou SPD?

No serviço SPD das farmácias, o farmacêutico assume a responsabilidade de preparar os blísteres com antecedência suficiente, de fornecer informação sobre os medicamentos aos pacientes, incluída a entrega dos correspondentes prospetos, e de entrar em contacto com o médico ou o paciente/cuidador ante qualquer problema que seja detetado.

MEDICAL DISPENSER

Porquê escolher o Medical Dispenser face a outros sistemas de preparação do SPD?

No mercado existem outros sistemas para a preparação da medicação para pacientes crónicos, formato blíster. A oferta é muito variada, e vai desde a preparação totalmente manual, a grandes robots cujo investimento começa nos 50.000€ e pode chegar aos 300.000€, dependendo das referências (medicamentos) que possa armazenar.

No nosso nicho, a preparação semiautomática não existe muita variedade, salvo alguns sistemas guiados, que mostram com leds ou projeções de luz o alvéolo onde inserir os comprimidos. Estes sistemas, ainda que similares no intervalo de preço, não são similares nas prestações já que continua a ser o farmacêutico a colocar o comprimido no alvéolo. Com o Medical Dispenser, é a própria máquina a encarregada de contar os comprimidos e colocá-los no alvéolo correto.

Além disso, a temperatura e a humidade do ambiente são controladas, para garantir que os medicamentos não saem da sua embalagem primária, salvo se lhes forem dadas as garantias para isso.

Definitivamente, o Medical Dispenser é uma ferramenta ideal para qualquer farmácia que pretenda oferecer aos seus pacientes um serviço de melhoria do cumprimento farmacoterapêutico, sem realizar grandes investimentos, mas com totais garantias.

Porque o SPD é administrado a partir da farmácia?

A farmácia comunitária é um estabelecimento de saúde de grande proximidade ao paciente. Graças à sua capilaridade e proximidade, o farmacêutico converte-se, em muitas ocasiões, no profissional da saúde que tem mais interação com o paciente. A farmácia não fornece apenas remédios, há também uma série de serviços de farmácia em que os farmacêuticos oferecem os seus conhecimento de saúde em benefício da saúde dos pacientes. O Sistema Personalizado de Dispensação ou SPD é um dos serviços mais procurados nas farmácias.

PARTES INTERESSADAS

FARMÁCIAS

Que vantagens e benefícios tem o SPD para a farmácia assistencial?

  • Facilita aos seus pacientes polimedicados a adesão ao tratamento
  • Ajuda a minimizar os erros na toma da medicação dos seus pacientes
  • Ajuda a fidelizar os seus pacientes
  • Potencia o seu valor como profissional especializado no medicamento
  • Melhora a comunicação com outros profissionais da saúde: médicos e enfermeiros

PACIENTES

Que vantagens e benefícios tem o SPD para os pacientes?

  • O paciente tem a sua medicação organizada
  • Evita confusões na manipulação e conservação dos medicamentos
  • Reduz o stock de medicamentos armazenado em casa
  • Obtém um maior controlo do tratamento
  • Tudo o referido anteriormente contribui para uma melhoria do cumprimento farmacoterapêutico e portanto da sua saúde e qualidade de vida

MÉDICOS

Que vantagens e benefícios tem o serviço SPD para os médicos?

  • O médico dispõe de uma ferramenta para controlar o seguimento do tratamento dos seus pacientes
  • Dispõe também de informação de todos os medicamentos que o seu paciente toma
  • Melhora a comunicação e colaboração com o farmacêutico
  • Recebe informação sobre incidências com a medicação

Como os médicos podem ajudar a melhorar a adesão ao tratamento dos seus pacientes?

Os médicos de clínica geral têm um papel essencial na adesão dos seus pacientes ao tratamento. Podem identificar os problemas que os pacientes tenham com a sua medicação e prescrever o serviço personalizado de dispensação que as farmácias comunitárias oferecem. É muito importante que os médicos conheçam este serviço e o recomendem aos pacientes que o necessitem, tal como prescrevem exercício físico, por exemplo.

FAMILIARES / CUIDADORES

Que vantagens e benefícios tem o SPD para os familiares e/ou cuidadores do paciente?

  • Facilita a administração da medicação do paciente
  • Diminui o risco de erros de medicação
  • Proporciona tranquilidade, sabendo que o paciente tem a medicação organizada e controlada por um farmacêutico

Como posso ajudar o meu familiar a gerir corretamente tanta medicação?

Todos temos familiares e/ou amigos que poderiam beneficiar de ajuda no momento de preparar e gerir a sua medicação. As farmácias, oferecem serviços de seguimento farmacoterapêutico e, preparam a medicação em blísteres semanais, para que o paciente tenha toda a sua medicação centralizada e organizada por tomas.

CENTROS SOCIOSSANITÁRIOS – RESIDÊNCIAS

Que vantagens e benefícios tem o SPD para os centros sociossanitários e/ou residências?

  • Conseguem a otimização na prescrição, dispensação e administração dos medicamentos dos seus pacientes
  • Maior segurança (diminuição de erros de preparação e administração)
  • Poupança económica ao externalizar o serviço de preparação
  • Diminuição do tempo de enfermagem na gestão da medicação

ADMINISTRAÇÕES PÚBLICAS

Que vantagens e benefícios tem o SPD para as Administrações de Saúde?

  • Melhoria das taxas de cumprimento terapêutico dos pacientes
  • Diminuição do número de PRM e erros de medicação
  • Diminuição das visitas de cuidados primários e internamentos hospitalares
  • Tudo isso implica enormes poupanças no sistema de saúde
  • Além de aumentar a satisfação dos pacientes e a melhoria da sua saúde e qualidade

Como se pode melhorar a adesão ao tratamento?

Existem diferentes estratégias ou iniciativas que estão a ser implementadas, em maior ou menor medida, tanto em Espanha como noutros países. Estas estratégias incluem intervenções como chamadas telefónicas, lembretes, seguimento continuado, terapia familiar, etc., em muitos casos, são uma combinação de várias. Nos últimos anos, o SPD (Serviço Personalizado de Dispensação) vai ganhando posições, e vai demonstrando a sua efetividade. O seguimento por parte do farmacêutico e do ambiente próximo ao paciente é vital, sobretudo nos casos onde a autonomia do paciente seja reduzida.